As investigações da Operação Lava-Jato da Polícia Federal, que apura irregularidades na Petrobras, chegaram no futebol. Nas empresas de Mario Frederico Goes, apontado como um dos operadores da estatal, foram encontrados documentos que o ligam a Botafogo e Corinthians. A investigação pretende entender como os dois clubes se envolveram com o empresário – a suspeita é de que o investimento nos direitos econômicos de Lodeiro e Maicosuel possam ter servidos para lavar dinheiro. As informações são do jornal “Valor Econômico”.

Ações de buscas da Polícia Federal em duas empresas de Goes, a Riomarine Oil e Gás Engenharia e Empreendimentos Ltda, e a Mago Consultoria Ltda, no Rio, encontraram contratos de parceria para investimentos em direitos econômicos de jogadores. Segundo as investigações, a Riomarine é suspeita de ser uma empresa de fachada para dar legalidade à propina que Mario Goes operava na diretoria de Serviços da Petrobras.

Um recibo com o valor de R$ 100 mil, datado de 12 de julho de 2010, foram pagos através de Riomarine para o Botafogo. Este é o valor da participação de Góes, além de 18 investidores, na compra de Maicoseul junto ao Hoffenhein, da Alemanha. O Botafogo pagou R$ 129,8 mil para o empresário em 1º de agosto de 2012. Ele recebeu uma remuneração referente à venda de Maicosuel para a Udinese, que ocorreu nop mesmo ano. Foi encontrada também uma via de um contrato de cessão de direitos econômicos de jogadores firmado entre Mario Goes ‘e outros sete cessionários; e o Botafogo, datado de 26 de setembro de 2013.A negociação tinha o valor total de R$ 12,5 milhões, sendo que a parte de Goes era de R$ 350 mil.

Outro exemplo desta situação envolvem Nicolas Lodeiro, que atuou no Botafogo de 2012 a 2014. A Polícia Federal encontrou outro recibo de transferência eletrônica de R$ 150 mil da conta de Goes para o Botafogo e a cópia do acordo.  “O Corinthians obrigou-se a pagar ao Botafogo e aos intervenientes anuentes (Mario Goes, entre outros) nas proporções estabelecidas no contrato firmado em 10 de julho de 2014, a quantia líquida de R$ 2,16 milhões”. O Botafogo cedeu Lodeiro ao Corinthians nesta época – ou seja – tudo leva a crer que o documento seja parte da transação em que o Corinthians adquiriu os direitos econômicos do jogador.

Nenhum dos dois clubes, principalmente o Botafogo, fizeram um pronunciamento oficial sobre a situação. Goes está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba, acusado de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e corrupção.

Fonte: Yahoo e Valor Econômico