Pimenta nos olhos dos outros. É o que o Botafogo pretende lançar em 2015. Na busca para melhorar o ataque, que não marcou nos últimos seis jogos de 2014 e passou em branco no amistoso contra o Shandong Luneng, no último sábado, o clube acertou a contratação de mais um reforço para a posição. Com oito gols marcados na Série B do Brasileiro, Pimentinha desembarca nesta terça sem medo de cobranças e disposto a cair nas garças da torcida.

— Se não apresentar um bom futebol, é normal ser cobrado. Mas eu estou pronto para ajudar meus companheiros e dar muitas alegrias à torcida — disse o jogador, emprestado por um ano pelo Sampaio Corrêa.

No caso de Pimentinha, já falar em dar alegrias para o torcedor não é cortar etapas. Com 27 anos, o atacante não é mais um novato, mas irá jogar em um clube grande pela primeira vez na carreira. Apesar disso, já chega com os holofotes sobre si — muito em parte graças ao folclórico apelido que o compara a um personagem de desenho animado conhecido por ser muito levado.

— Um amigo botou quando jogava futsal, porque eu não ficava quieto, era muito sapeca.

A zaga vascaína já provou de suas travessuras. Pelo primeiro turno da Série B, entortou os cruzmaltinos no empate por 1 a 1 no Piauí e saiu de campo como um dos destaques do jogo.

— Foi um jogo excelente. Fizemos uma grande partida, consegui me destacar pelas jogadas que fiz e os dribles — disse o atacante, que se avaliou como uma boa opção pelos lados. — Sou um jogador que atuo bem pelos lados, mais habilidoso, que desequilibra uma defesa bem formada. Tento ajudar de todas as formas.

Quem lhe passou as informações sobre o Alvinegro foi o amigo e ex-jogador do clube Bruno Tiago. Se tudo sair como o esperado, Pimentinha fará os exames ainda nesta terça e na quarta já estará no treino. Não quer saber de refresco.

Fonte: Extra Online