Pimentinha, que chegou ao clube apenas nesta semana e começou a participar dos treinamentos nesta quinta-feira. O atacante perdeu toda a pré-temporada por causa das longas negociações para deixar o Sampaio Corrêa e se apresentou com condição física longe da ideal.

O técnico Renê Simões é paciente e avisa que não irá relacionar o reforço para jogos tão cedo.

O comandante alvinegro trata de acalmar os torcedores, que esperam pela estreia do atacante apelidado de “Messi do Nordeste”. O planejamento da comissão técnica é esperar para que o jogador tenha a primeira chance na equipe.

“Pelos testes que o Pimentinha fez, vai demorar a estrear. Ele vai ter que fazer um trabalho de condicionamento físico forte. Ele está muito abaixo do nível físico da equipe”, ressaltou René.

Pimentinha terá forte concorrência no elenco alvinegro. Rodrigo Pimpão emendou boa sequência de jogos e surge como primeira opção. Jóbson fica para trás por causa de uma lesão na coxa esquerda e pode se complicar nessa disputa. Ele está fora do próximo compromisso do Botafogo no Carioca.

“Ele tem um edema pequeno. Segunda-feira já deve treinar com o grupo. Já foi entregue à preparação física e está em fase de transição. Na segunda, ele treina normalmente”, completou o treinador do Botafogo.

A equipe recebe a visita do Bonsucesso neste sábado, às 17h, no Engenhão. Com quatro pontos no torneio, o Botafogo tenta subir na tabela com a torcida – que voltará a ocupar as arquibancadas no estádio – como aliada.

Fonte: UOL