O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, tem repetido inúmeras vezes que a manutenção do goleiro Jefferson é sua prioridade neste início de mandato. Ele garante que já tem um projeto para convencer o titular da seleção brasileira a permanecer no clube. E o primeiro passo foi dado nesta terça-feira.

Em entrevista ao programa “Arena”, do Sportv, Carlos Eduardo disse que já tem um projeto de marketing elaborado para fazer de Jefferson um ícone do time na disputa da Série B. A ideia do clube é que o goleiro sirva de espelho para os demais jogadores, que verão no titular da seleção brasileira um exemplo a ser seguido.

— O Jefferson já deve ter recebido uma proposta concreta para saldarmos a dívida que o Botafogo tem com ele e também para renovarmos o contrato até 2017, quando termina nossa gestão. — afirmou o dirigente.

Segundo Gerson Sá, que cuida dos interesses de Jefferson, disse que se a proposta agradar, o goleiro voltará atrás e se reapresentará na quinta, juntamente com os demais jogadores.

— O Botafogo não tem que pagar o que deve ao Jefferson até quinta. O que queremos é um projeto, com garantias de que a dívida será quitada. A parte financeira não será problema para uma renovação — garantiu.

Ao mesmo tempo que trabalha para manter seu principal jogador, o Botafogo vai montando o elenco para a temporada. Nesta terça estiveram no Rio para realizar exames os atacantes Rodrigo Pimpão e Bill. Os dois devem ser apresentados oficialmente na quinta, na reapresentação do elenco.

Bill tem 30 anos e já passou por Corinthians, Santos e Coritiba, entre outros. Ano passado disputou a Série B com o Ceará e chegou, inclusive a marcar três gols contra o Botafogo em partida pela Copa do Brasil.

Fonte: O Globo Online