Uma nota oficial assinada na última quarta-feira pela Concessionária Maracanã e a dupla Flamengo e Fluminense caiu feito uma bomba na mesa do presidente da Federação do Rio, Rubens Lopes. Em conversa com o blog, o dirigente ameaçou tirar do Maracanã o clássico Vasco x Botafogo, no dia 29, além das semifinais e finais do Campeonato Estadual.

– O dono da casa tem o direito de dizer quem entra na casa dele, mas se não chegarmos a um acordo para que as regras desportivas sejam respeitadas, não haverá jogo no Maracanã. Flamengo e Fluminense querem guerra. Não querem a paz no futebol. Pensam que vão administrar o futebol do Rio. Mas isso não vai acontecer jamais – disse, confirmando, porém, o jogo Flamengo x Vasco no estádio.

A indignação fundamenta-se no fato de a Concessionária e os dois clubes em litígio com a Federação não reconhecerem, na nota oficial, o tabelamento do Maracanã aprovado pelo Arbitral da última terça-feira:

“Cada clube que deseje mandar seus jogos no Maracanã deverá negociar e firmar seu contrato particular com a Concessionária”, diz um trecho do texto.

Rubens Lopes contra-atacou com ironia:

– Não tem problema. Se querem assim, levamos os jogos para o Engenhão. Já ficamos de 2010 a 2013 sem o Maracanã mesmo…

Fonte: Blog Extracampo - Marluci Martins - Extra Online