Apesar das duras palavras do técnico René Simões de que o Botafogo não é clínica de reabilitação e Jobson tem que provar que está mudado, o presidente Carlos Eduardo Pereira é mais complacente. O dirigente pretende dar uma nova chance ao atacante e confia em ter retorno.

– Eu acredito nele, com certeza. Jobson é um talento. Nesse fim de Brasileiro não conseguiu mostrar todo o seu futebol, mas conto com ele. Todos os botafoguenses contam. É um jogador diferenciado, tem muito a colaborar com o Botafogo e tem uma carreira brilhante pela frente. Bastando que mostre seu interesse e sua dedicação, pois o Botafogo confia que ele vai dar muitas alegrias – afirmou Pereira à Rádio Globo.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Globo