Em entrevista à Super Rádio Tupi, o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, colocou no ar a possibilidade de integrar a Primeira Liga no futuro e disputar a Copa Sul-Minas-Rio. Segundo ele, é preciso uma proposta mais bem fundamentada para que o Alvinegro possa disputar. Ele sugeriu que o torneio classifique para alguma competição, com a Copa Sul-Americana.

– Não há nenhum problema com a Primeira Liga, são grandes clubes e temos uma boa relação com os presidentes. Se houver uma proposta mais estruturada, organizada, conciliando o calendário local com a da Liga… E principalmente uma forma justificada de entrada e que classifique para alguma coisa. Hoje ela não leva a lugar nenhum. O Botafogo está sempre disposto a participar – disse.

Carlos Eduardo Pereira justificou porque ficou ao lado do Vasco da Gama e da Ferj na briga política contra Flamengo e Fluminense, que ameaçaram disputar o Campeonato Carioca com reservas. Vale ressaltar que a Primeira Liga agora foi reconhecida pela própria Ferj e pela CBF, após os jogos da primeira rodada que aconteceram na última semana.

– Nesse primeiro momento, o Botafogo pensou fundamentalmente na defesa do Campeonato Carioca de 2016. O clube vive um momento extremamente difícil, e não podemos abrir mão das receitas. Esse é o último ano do contrato da TV do Carioca, estamos num processo de renovação, e é claro que se dois dos quatro grandes jogassem com resevas o Carioca seria um absoluto fracasso. A posição do Botafogo foi quanto a esse risco que o Carioca corria – afirmou CEP.

Fonte: Super Rádio Tupi