O presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, revelou que o projeto do novo Centro de Treinamento do clube, no Camorim, Zona Oeste do Rio, sofreu uma mudança que implicará em novo atraso nas obras. Ele, porém, não quis dar detalhes de que mudanças serão essas.

– O CT está sendo reestruturado, em função da adaptação de um novo projeto. Foi feito um projeto e foi pedido que ele fosse reconfigurado de uma outra forma. Então isso atrasou um pouco as obras. Acredito que em breve teremos uma posição para as equipes de base e profissionais treinarem lá. É uma questão mais estrutural, do que nós vamos fazer – disse o dirigente à Rádio Brasil.

O Botafogo aprovou a operação financeira para a compra do Espaço Lonier, onde está sendo feito o CT, em julho de 2017, e esperava utilizar as instalações a partir de janeiro de 2019, o que não aconteceu.

Em março, o vice-presidente executivo do Botafogo, Luis Fernando Santos, detalhou o andamento das obras e previa a utilização do CT em 2020 apenas. O clube conta com o aporte financeiro de R$ 25 milhões dos irmãos Moreira Salles, que serão ressarcidos em 30 anos.