A segunda-feira do presidente do Botafogo Carlos Eduardo Pereira foi de extrema satisfação. Um dia após ver o Alvinegro derrotar o Flamengo no Maracanã por 1 a 0 e se isolar na liderança do Campeonato Carioca, Pereira deu uma exclusiva à Super Rádio Tupi e mostrou felicidade pelo momento de seu clube.

“Foi uma grande vitória. Veio em um momento muito importante para nosso elenco e para a nossa torcida, para que o grupo siga a cada dia ganhando confiança e a certeza e a torcida saiba que o trabalho que está sendo realizado é feito com muita seriedade e dedicação. Se todos tivermos paciência e abraçarmos essa equipe, eles nos darão muita alegrias em 2015”.

A vitória contra o Rubro-Negro foi a primeira como presidente do Botafogo em um clássico. Agora, o time se prepara para um novo desafio: o Fluminense, no Engenhão. Os comandados de René Simões voltam a campo contra o Tricolor no próximo domingo, às 18h30, no Engenhão.

Confira outros assuntos da entrevista de Carlos Eduardo Pereira à Rádio Tupi.

TIME SEM ESTRELAS, MAS COMPETITIVO
Sem dúvidas. Acho que a conscientização dos atletas, a união que eles conseguiram estabelecer, a competência do Lopes e do René e de toda a comissão técnica estão realizando permitiram a formação de um grupo muito unido. Isso no futebol é fundamental. E outro: o elenco tem humildade. O time tem tratado o Nova Iguaçu da mesma forma que trata o Flamengo e vice-versa. Então, felizmente, os resultados estão acontecendo. Uma montagem de uma equipe de futebol é assim mesmo. Às vezes, você seleciona os nomes no papel, eles parecem que vão formar uma equipe e não conseguem fazer um bom ano. Outras vezes você pensa no médio-prazo e os resultados acabam saindo mais cedo.

PÁGINA VIRADA
O clube terminou o ano muito desacreditado, porque realmente 2014 foi terrível. Então, esse grupo chegou com essa tarefa árdua de resgatar a credibilidade e a tradição do Botafogo. Para nós, botafoguenses há anos, liderar o campeonato e vencer o clássico contra o Flamengo não é motivo para representar uma exceção, e sim para representar um resultado normal dentro de uma equipe que tem a tradição e a torcida que nós temos. Infelizmente, passamos por mau momentos, mas espero que a página seja virada de vez. Queria que a torcida soubesse que esse elenco do Botafogo está disposto a lutar pela honra do clube.

AVALIAÇÃO
Acho que nao é só a avaliação sobre o René. A comissao técnica e os jogadores estão todos de parabéns. Nao queria dar uma nota, e sim fazer um elogio geral e sincero. Agradecer ao empenho e a dedicaçao do Lopes e do René. Eles abraçaram a nossa proposta, confiaram na diretoria, no grupo e estão apresentando esses resultados.

ATO TRABALHISTA
Nós mantemos essas reuniões periódicas. O Botafogo dentro daquele processo de resgate de sua credibilidade procura manter sempre contatos com seus credores mostrando a importância que o ato trabalhista tem na recuperação do clube. É fundamental que o clube se mantenha no ato trabalhista, podendo pagar seus credores e, ao mesmo tempo, podendo funcionar. Se o Botafogo voltar a sofrer penhoras ele se tornará completamente inviável. Este ano de 2015 é um ano em que lutamos fundamentalmente pela sobrevivência do clube. Gradualmente, em 2016, entraremos de vez na missão de resgate, de recuperação e de pagamentos de dívidas. Infelizmente, o estado no qual o clube foi entregue a nós só nos permite tentar sobrevir de início.

Fonte: Site da Rádio Tupi