O presidente Carlos Eduardo Pereira era, sem dúvida nenhuma, o mais empolgado após a vitória sobre o Fluminense e a classificação do Botafogo para a final do Campeonato Carioca. Depois do jogo, em rápida conversa com a reportagem, o mandatário ironizou o adversário e o atacante Fred, que declarou que o Estadual “tinha que acabar” após ser expulso no Fla-Flu.

“Fred acertou. O Carioca acabou pra ele, pro Fluminense, agora só em 2016”, para emendar, citando as dificuldades enfrentadas: “É muito mais do que sonhamos. Entramos o ano perdendo 22 jogadores, remontamos plantel, comissão técnica, já ganhamos a primeira competição e estamos na final. Isso tudo enfrentando dois times de série A e outro da série C, que foi eliminado por nós. Isso vai impulsionar o clube, com certeza, ao seu objetivo principal, que é voltar para a Série A”, declarou Carlos Eduardo Pereira.

Muito feliz, ele chegou a interromper a entrevista coletiva do técnico René Simões para abraçá-lo, e a todo momento, brincava com outros membros da diretoria. Depois, falou sobre as conquistas da nova gestão.

Caio Blois/ESPN

O presidente Carlos Eduardo Pereira interrompeu a coletiva para abraçar o técnico René Simões
O presidente Carlos Eduardo Pereira interrompeu a coletiva para abraçar o técnico René Simões

“O orgulho do botafoguense é a maior recompensa que a gente pode ter. Essa é a principal conquista da nossa gestão”, disse.

Por fim, o presidente respondeu de maneira confiante quando perguntado se tinha um adversário favorito para a decisão.

“Eles é que se preocupem com o Botafogo. Eles tem certeza que estamos na final, então não precisamos escolher rival, eles que precisam se preocupar, porque nós chegaremos fortes”, finalizou.

Fonte: ESPN.com.br