Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Presidente se irrita com bate boca e marca reunião com Jefferson e Gottardo

0 comentários

Compartilhe

O bate boca entre Jefferson e Wilson Gottardo deixou o presidente do Botafogo Maurício Assumpção bastante irritado. O mandatário inicialmente deixaria a dupla resolver o caso entre eles, mas após as declarações do diretor de futebol, ele reconsiderou e marcou uma reunião com os dois para este sábado.

Segundo apuração do UOL Esporte, a alta cúpula do clube considerou totalmente desnecessária a lavagem de roupa suja via imprensa, entendendo que tudo deveria ter sido resolvido internamente. A maior decepção foi com Wilson Gottardo, que por ser um profissional remunerado da diretoria deveria ter sido mais inteligente na situação.

Incomodado com as declarações de Jefferson em coletiva de imprensa no Engenhão, Gottardo atendeu um telefonema da Fox Sport e desabafou na televisão. Todos no Botafogo foram pegos de surpresa com as declarações do dirigente. Mais que isso. Ninguém acreditava no que  estava sendo dito abertamente.

Inicialmente, Wilson Gottardo deverá ser mantido, mas não está tão seguro. Os jogadores não gostaram nem um pouco da forma como o dirigente tratou o capitão Jefferson e o clima poderá ficar muito pesado para a permanência do diretor de futebol no cargo, que envolve contato direto com os atletas.

“Todos os jogadores me mandaram mensagem, demonstrando apoio a mim. Estão comigo nessa. Muitos disseram até para eu não me explicar para ninguém. Fico feliz de ter eles do meu lado, assim como os verdadeiros torcedores do Botafogo. Essa polêmica não mancha minha história no clube. Fiquei chateado, foi grande injustiça”, afirmou Jefferson em coletiva de imprensa no inicio da tarde de sexta-feira.

A reunião marcada pelo presidente Maurício Assumpção tem justamente esse objetivo. Chegar a um denominador comum na relação entre Jefferson e Gottardo para que ambos consigam desempenhar seu papel. O goleiro já havia sinalizado que isso era possível desde que o diretor reconhecesse o erro.

O problema é que Gottardo caminhou na direção contrária e aumentou ainda mais a crise questionando o caráter de Jefferson. Isso porque o goleiro havia chamado o diretor de desleal ao comentar a polêmica que envolveu sua dispensa da partida contra o Santos, após 26h de viagem de Cingapura, onde defendeu a seleção brasileira contra o Japão.

“O Jefferson tem a história dele, a minha já está escrita. Estou iniciando um novo livro, não está sendo fácil, mas estou recebendo apoio de pessoas que conhecem o meu caráter, a minha conduta. Estou escrevendo essas páginas com muitas mãos. Eu não estou preocupado com isso. Encaro com profissionalismo. Não preciso amanhã apertar a mão do senhor Jefferson. Ele tem que trabalhar com respeito”, disse Gottardo ao Fox Sport.

Comentários