A grande novela da vez no mercado da bola, envolvendo o Atlético, é a negociação com o Botafogo sobre Igor Rabello. O zagueiro de 23 anos é o alvo do Galo para reforçar a zaga ao lado de Réver. Nas últimas horas, houve uma movimentação avançada do alvinegro mineiro para tentar selar o negócio.

Um enviado do Banco BMG, investidor que será parceiro do Atlético na transferência, foi ao Rio de Janeiro. A informação foi divulgada pelo jornal “O Tempo” e confirmada pelo Hoje em Dia com pessoas ligadas ao atleta. Ao HD, entretanto, o empresário do atleta, Anselmo Paiva, afirmou que o futuro do defensor só será conhecido no ano que vem.

O Botafogo tem dois motivos para levar o Atlético “em banho maria” na negociação. Por outro lado, o Galo mantém confiança de que conseguirá trazer o principal destaque do Fogão no Campeonato Brasileiro. Para o clube da estrela solitária, é preciso esperar a janela europeia de transferência (em 2 de janeiro) para saber se haverá nova oferta do Velho Continente.

Outro motivo para desalecerar as conversas com o Galo é o fato de o Botafogo viver uma fase de penhora judicial por conta de cobranças trabalhistas na Justiça. Ao vender Matheus Fernandes ao Palmeiras, viu R$ 6,4 milhões dos R$ 15 milhões a receber do Palmeiras retidos em dívida com o treinador Oswaldo de Oliveira. Os jogadores André Bahia e Henrique Almeida também conseguiram bloqueio de outras fontes de renda do Fogão.

As conversas entre Atlético e Botafogo giram numa oferta de R$ 13 milhões a R$ 15 milhões em pagamento parcelado, e a ida do zagueiro Gabriel ao Botafogo, em definitivo. O BMG surge como parceiro, e até mesmo a vinda por empréstimo de Igor Rabello, num primeiro momento, é analisada pelas partes.

Fonte: Hoje Em Dia