Com uma vantagem de 11 pontos em relação à zona de rebaixamento e apenas quatro abaixo do G-6 do Campeonato Brasileiro, o Botafogo chega para o confronto com o Ceará, amanhã, às 21h, no Castelão, com uma opção a mais para o ataque e um provável desfalque na defesa.

Rodrigo Pimpão, que desfalcou o Alvinegro nas últimas rodadas em função de uma lesão no pé direito, treinou normalmente com o restante do elenco e deve estar à disposição do técnico Eduardo Barroca. Mas se pode ter o atacante de volta, o time não deverá contar com o lateral-esquerdo Gilson. Com uma lesão na coxa direita, ele não vem participando das atividades coletivas: faz trabalhos específicos na academia e com a equipe médica do clube.

Outra mudança na equipe, essa promovida por opção do treinador, é a permanência de Marcinho improvisado como um atacante pelo lado direito. Criticado pela torcida antes da pausa para a Copa América, o lateral subiu de produção nas últimas rodadas e foi um dos destaques da vitória do Botafogo sobre o Atlético-MG, no último domingo.

Na partida contra o Ceará, o Alvinegro terá a chance de se manter como um dos melhores visitantes do Campeonato Brasileiro. O retrospecto de três vitórias, um empate e cinco derrotas é o sexto melhor da competição. De quebra a equipe, poderá superar, ainda no primeiro turno, o número de vitórias que conquistou longe de seu estádio ao longo de todo o Brasileiro em 2018.

Fonte: Extra Online