Renato deixa Morumbi mancando e torce para não virar desfalque domingo

Compartilhe:

O volante Renato saiu mancando do estádio do Morumbi após o empate por 1 a 1 entre Botafogo e São Paulo, na noite deste domingo. Com uma marca de trava de chuteira na perna esquerda, na região acima do tornozelo, o jogador reclamou de fortes dores e disse que será reavaliado pelo departamento médico do clube.

Questionado se pode preocupar para o decisivo jogo contra o Coritiba, no próximo domingo, às 17h (horário de Brasília), no estádio Couto Pereira, Renato desconversou. O confronto na capital paranaense é fundamental para o Botafogo seguir sonhando com a vaga na Taça Libertadores da América.

– Eu não sei o que aconteceu, mas está doendo muito. Espero que tenha sido só o nervo, e não afetado a tíbia – afirmou, rapidamente, antes de entrar no ônibus junto do restante da delegação.

Com atuação abaixo do esperado na partida na capital paulista, Renato saiu de campo aos 13 minutos do segundo tempo, para dar lugar a Marcelo Mattos. A intenção do técnico Oswaldo de Oliveira era fortalecer o meio-campo, esperando que o volante repetisse o desempenho obtido na goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-PR, há uma semana, mas a produtividade não foi semelhante.

Quinto colocado do Campeonato Brasileiro, com 58 pontos, o Botafogo terá uma semana para se preparar para o duelo contra o Coritiba. Na luta contra o rebaixamento, os paranaenses também precisam dos três pontos a qualquer custo.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários