O Botafogo jogou oito partidas em 25 dias, inclusive partidas decisivas. Para o técnico René Simões, o grupo está desgastado com a maratona. Para tentar amenizar a situação, o treinador decidiu antecipar a concentração para o jogo deste sábado, diante do Fluminense, no Engenhão, segunda partida das semifinais do Campeonato Carioca.

O técnico alvinegro não gostou da atuação da sua equipe na partida diante do Botafogo da Paraíba. Ele disse que o time mostrou muita desatenção nos passes e na marcação, ressaltando que essas falhas quase provocam um resultado desastroso.

Simões reconhece que temeu a eliminação, principalmente quando o jogo estava 3 a 2 e o adversário estava pressionando. “Eu estava sentindo a hora que ia acontecer uma desgraça, mas, felizmente, ganhamos”, pontuou.

Na entrevista coletiva, o treinador do Botafogo disse que entende a reclamação do Fluminense por jogar no Engenhão, porque o Tricolor sabe que vai atuar na casa de um time que só perdeu um jogo nesta temporada em casa: um amistoso contra o Guangzhou Evergrande-CHI.

“É importantíssimo jogar em casa. O jogador já conhece os caminhos. Olhando as placas ele tem as referências, sabe onde a equipe está posicionada”, sintetizou.

O treinador admitiu que o atacante Rodrigo Pimpão pode começar contra o Fluminense, formando dupla com Bill. Jobson, que foi substituído no intervalo, deve perder a posição. René elogiou Pimpão, mas disse que só vai tomar as decisões sobre a equipe no treinamento de sexta-feira.

Fonte: Gazeta Esportiva