Assim que confirmou a sua queda para a série B deste ano, o Botafogo passou a viver uma realidade econômica ainda pior que a do ano passado. Assolada em dívidas, a recém-empossada diretoria alvinegra precisava montar um novo elenco sem gastar muito. Num intervalo de apenas uma semana, 12 jogadores foram adquiridos, o que já dá ao técnico Renê Simões uma condição mínima para o jogo de estreia no Campeonato Carioca diante do Boavista, dia 31 de janeiro. Em entrevista ao Rádio Globo Futebol Clube, o treinador fez uma defesa explícita à nova política salarial do Botafogo:

– O Botafogo não está pagando pouco. Os outros é que estão pagando muito. O Botafogo está pagando aquilo que a realidade do futebol brasileiro permite. Outro dia conversei com um dos contratados que já passou por clube grande. Perguntei a ele porque não deu certo ainda. Ele colocou a culpa no empresário. Usei o exemplo do Messi e do Cristiano Ronaldo e devolvi perguntando se tinham sido os empresários que os fizeram ou eles mesmos. Os jogadores têm que parar de terceirizar as responsabilidades – afirmou o novo técnico do Botafogo.

Na entrevista, Renê enalteceu a todo instante a atuação de Antonio Lopes como Gerente de Futebol. Segundo o treinador, os dois ficam “disputando” quem chega mais cedo no clube, o que comprova o bom ambiente alvinegro, apesar do rebaixamento recente. Um dos métodos mais valorizados por Renê Simões é a pouca facilidade para atuação dos empresários. De acordo com o treinador, nenhum agente está tendo lucro imediato ao colocar o jogador no Botafogo:

– O Lopes não pagou um centavo sequer para qualquer agente de jogador. Em relação ao Jefferson, no meio das negociações eu liguei para ele e perguntei o que faltava para ele renovar. Ele disse que faltava o Botafogo se posicionar. Falei com o presidente Carlos Eduardo Pereira. Não tenho procuração para defendê-lo, mas ele me parece ser uma pessoa muito honesta e com ótimas intenções. Foi feita uma reunião muito proveitosa e acertamos tudo – disse um aliviado treinador, por saber que poderá contar com a maior referência do elenco e ídolo da torcida.

Renê Simões dá início nesta segunda-feira à pré-temporada com o elenco alvinegro, em Várzea das Moças, Niterói.

Fonte: Rádio Globo