A sequência do Botafogo de quatro jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro tem causado preocupação ao torcedor, que, no último sábado, viu a equipe de Ricardo perder em casa para o Bahia, um rival direto na briga contra o rebaixamento. Para piorar, gritos de “time sem vergonha” foram ouvidos na reta final da derrota por 1 a 0, pela 30ª rodada.

Já nesta segunda-feira, dia da reapresentação do elenco alvinegro, Rodrigo Pimpão concedeu uma imponente entrevista coletiva depois do treino no campo anexo do Nilton Santos. O experiente atacante defendeu o elenco ao pedir crédito ao botafoguense, além de comentar sobre a questão salarial.

– Aqui não tem ninguém sem vergonha, nenhum vagabundo nem nenhum mau caráter. Temos trabalhadores, que buscam o melhor. Trabalhamos fortes, sabemos a situação que o Botafogo se encontra. Que continuem vindo ao estádio para nos apoiar. Querendo ou não, algumas críticas acabando abalando o jogador, e o jogador some – contou o atleta com 157 jogos pelo clube da Estrela Solitária.

Para Pimpão, o elenco do Botafogo não é limitado, mas encontrou problema com a constante troca de treinadores ao longo da temporada – Zé Ricardo é o quarto do ano. E disse que trabalho não faltará para encontrar explicações e mudar o cenário do Alvinegro nesta reta final do Brasileirão.

– Não têm explicações para o que está acontecendo, mas o grupo trabalha duro para que as coisas aconteçam. Sabemos como começamos o ano e tivemos quatro trocas de treinador. Isso, querendo ou não, cada um tem uma ideia e um jeito de jogar. Mas o nosso grupo é forte e focado e, em momento algum, deixamos um jogador se desmotivar no dia a dia.

ATRASOS SALARIAIS

Por fim, Rodrigo Pimpão, em sua segunda passagem pelo Botafogo, lamentou o fato de dois meses da folha salarial estarem atrasados, porém mostrou otimismo com a provável quitação nesta semana.

– É delicado. A gente tem que vir, se dedicar. Eu tenho que trabalhar, eu dependo disso. Sou experiente, mas minhas contas não esperam. Elas têm validade. Nunca aconteceu isso em quatro anos que tenho de Botafogo. Não tenho o que reclamar do Botafogo – disse o atacante, completando:

– Só temos a agradecer ao Botafogo, à nossa torcida e aos nossos patrocinadores. São eles que fazem o Botafogo. Jogadores vêm e passam, mas as contas precisam estar em dia.

O próximo desafio do Botafogo será diante do Atlético-PR, neste sábado, na Arena da Baixada. Titular nos dois últimos jogos, Pimpão assegurou que o time de Zé pode surpreender os paranaenses a partir das 21h (de Brasília).

Fonte: Terra