O Botafogo já está garantido na semifinal do Campeonato Carioca deste ano, mas antes encara o Boavista no próximo domingo (17), às 16h (de Brasília), em Bacaxá, para fechar sua participação na Taça Guanabara. Quem tem acompanhado, quando o horário permite, aos jogos do Botafogo e ficado na torcida pelo Glorioso é o atacante Rodrigo Pimpão, que atuou no Alvinegro no ano passado. Na conversa exclusiva com a Rádio Botafogo Oficial, o atleta destacou o carinho que sente pelo clube. Confira abaixo a entrevista na íntegra com o atleta do Emirates Club:

TORCEDOR DE LONGA DISTÂNCIA

“Tenho acompanhado sim os jogos do Botafogo. Por causa do horário, às vezes fica tarde, mas quando dá eu consigo acompanhar. Vi o jogo inteiro contra o Flamengo”.

CARINHO DA TORCIDA ALVINEGRA

“Fico feliz em receber o carinho do torcedor, sempre busco responder a todos pelas redes sociais. Fico muito grato, e mostra que fiz um trabalho bem feito. Árduo, mas conseguimos o nosso objetivo que era recolocar o Botafogo na elite do futebol brasileiro.

FILHO BOTAFOGUENSE

“Meu filho continua, sempre vemos ele cantando o hino do Botafogo, sozinho com os brinquedos, e algumas músicas da torcida do Botafogo também. Acho que o marcou muito ele entrar em campo, escutando a torcida e por isso ele escuta o hino do Botafogo quase todos os dias”.

SITUAÇÃO NO EMIRATES CLUB

“Por aqui o time não está muito bem, fiz 14 jogos e quatro gols, com sete ou oito assistências. Passamos por um momento difícil, sabemos das dificuldades que os atletas locais têm, e nós, estrangeiros tentamos ajudar a equipe da melhor maneira possível. Temos jogos importantes para definir o futuro do clube e estamos nas Quartas de Finais da Copa. Faltam quatro jogos nessa competição que dá uma vaga para a Champions League da Ásia”.

RETORNO AO BRASIL

“Sonho em voltar para o Brasil e Botafogo, um clube que me acolheu, e também a minha família, e tenho um carinho especial. Não sei das oportunidades da minha carreira, tenho que esperar o término da temporada, mas penso em voltar para o Brasil sim e com certeza deixo as portas abertas ao Botafogo”.

SELEÇÃO BRASILEIRA

“Não se comenta muito sobre seleção brasileira, sabemos que a seleção não vive um bom momento. Mas se fala muito em Neymar e companhia. Temos uma seleção que tem muito a mostrar, mas Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo “Fenômeno” e Romário marcaram muito os jogadores locais”.

JEFFERSON NA SELEÇÃO

“O talento do Jefferson é indiscutível, e o potencial dele é para estar na seleção brasileira. Fico na torcida, pois ele merece, é uma pessoa que trabalha focada, um líder que tínhamos na Série B. Sei do potencial dele, é um goleiro diferenciado e que merecia estar na Seleção”.

RECADO AOS BOTAFOGUENSES

“Quero mandar um grande abraço aos torcedores, saibam que não foi um adeus que eu dei ao Botafogo, mas um até logo. Espero poder voltar a vestir esse manto sagrado e sempre digo que fui escolhido para vestir essa camiseta. Mando um grande abraço aos torcedores, espero que o clube faça um grande Carioca, tenho amigos lá e fico na torcida”.

Fonte: Rádio Botafogo Oficial