Convidado desta semana do canal de entrevistas de Zico na internet, o atacante Roger, do Botafogo, lembrou que por pouco não enfrentou Neymar e cia. no Mundial de Clubes da FIFA, em 2011, quando o Santos foi vice-campeão após a goleada por 4 a 0 sofrida para o Barcelona.

Na época, o atacante atuava pelo Kashiwa Reysol, representante japonês na competição, mas por conta de uma entorse no joelho acabou ficando de fora da disputa, uma vez que não teve a devida paciência no tratamento. O camisa 9 alvinegro classificou o momento como um dos grandes erros da carreira, uma vez que sua equipe disputou a semifinal contra o clube brasileiro, que venceu por 3 a 1.

“Acho que foi um dos grandes erros da minha carreira, esse é um arrependimento que eu tenho. Eu tive uma entorse no joelho e os japoneses eles pedem aquele cuidado e tal, e eu não tive essa paciência de esperar para jogar, e eu não tive essa paciência e perdi uma grande chance na minha vida, mas a vida me ensinou”, afirmou Roger.

Hoje, porém, aos 32 anos, o jogador afirma que aprendeu com os erros e tem uma conduta completamente diferentes dentro e fora dos gramados. “Eu mudei muito depois de lá, eu passei a ser um cara diferente. Eu chego cedo nos treinos, eu sou chato cara, essa molecada chega atrasada eu fico doido, eu falo: ‘Cara, vocês são irresponsáveis, isso é falta de respeito’ (risos), só que isso eu aprendi lá, né. Esse respeito de estar uma hora antes, de se preparar para o treino”, completou. Veja o programa na íntegra: 

 

Fonte: Fox Sports