Com três gols de Sassá no primeiro tempo, o Botafogo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro após quatro rodadas ao derrotar o América-MG por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, em Volta Redonda. O resultado não só fez o Fogão sair da lanterna, como também ficar próximo de deixar a já temida zona de rebaixamento, com oito pontos. A nota triste foi o público pagante: apenas 883 torcedores pagaram ingresso.

Sassá foi o cara do jogo, com três gols (FOTO: Vitor Silva/SSPress)Sassá foi o cara do jogo, com três gols (FOTO: Vitor Silva/Botafogo FR/SSPress)

O técnico Ricardo Gomes fez mudanças no ataque que surtiram efeito. Afinal, a aposta na dupla Neilton-Sassá mostrou-se acertada. Sassá marcou três gols, sendo dois em cobranças de pênalti e um recebendo passe açucarado de Neilton, que também deu o passe que originou o segundo pênalti.

Na etapa final, o Botafogo começou em ritmo lento, sofreu o gol de Sávio e tomou sufoco, quase levando o segundo – Renan Fonseca tirou o lance quase em cima da linha. Mas depois o Glorioso voltou a ter o controle da partida e ficou mais próximo do quarto gol, que acabou não vindo. O Fogão volta a campo no domingo para encarar o Corinthians, às 16h, no Itaquerão.

FICHA DO JOGO
BOTAFOGO 3 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Raulino de Oliveira
Data-Hora: 15/06/2016 – 21h
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Auxiliares: Daniel Henrique Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
Público e renda: 883 pagantes / 1.255 presentes / R$ 19.580,00
Cartões amarelos: Renan Fonseca e Neilton (BOT); João Ricardo e Sávio (AMG)
Cartões vermelhos:
Gols: Sassá 23’/1ºT (1-0), Sassá 31’/1ºT (2-0), Sassá 37’/1ºT (3-0) e Sávio 2’/2ºT (3-1)

BOTAFOGO: Sidão; Luis Ricardo, Emerson Silva, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Airton (Fernandes – Intervalo), Bruno Silva, Leandrinho e Núñez (Salgueiro 40’/2ºT); Sassá (Ribamar 26’/2ºT) e Neilton – Técnico: Ricardo Gomes.

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Hélder, Artur, Adalberto e Danilo; Claudinei (Matheusinho 27’/2ºT), Juninho, Eduardo (Sávio – Intervalo) e Alan Mineiro (Tiago Luis 12’/2ºT); Osman e Borges – Técnico: Sergio Vieira.

Fonte: Redação FogãoNET