Envolvido numa polêmica sobre sua renovação de contrato com o Botafogo, que termina no fim do ano, Sassá fez uma transmissão ao vivo no Instagram na noite desta quinta-feira e, entre xingamentos de “mercenário” e pedidos para acertar logo sua permanência, deu a entender que não vai deixar o clube.

– Como que não vou ficar? Aqui é minha casa, são oito anos, tem que respeitar. Não são oito dias, oito horas e nem oito meses, são oito anos de clube. Não é todo mundo que fica oito anos num clube, não. Fica um monte de gente falando besteira, nem sabe das coisas e estão falando besteira – disse Sassá na rede social.

Por conta dos xingamentos, Sassá encerrou a transmissão, mas logo depois abriu outra, que chegou a receber mais de mil acessos simultâneos. O atacante pede R$ 5 milhões de luvas para renovar o contrato, e salário de R$ 300 mil, proposta que foi duramente criticada pelo presidente Carlos Eduardo Pereira.

Veja outros trechos reproduzidos pelo site “Globoesporte.com”:

“Se xingar eu vou parar de novo, hein? Estou avisando.”

“Como não estou respeitando? Qual desreipeito estou fazendo? (…) Antes de falar besteira, tem que saber da onde que veio. Não sai botando coisa na internet sem saber, filho. Primeiro se informa e depois fala m…”

“Oito anos de Botafogo, não é possível que estou de para-quedas. (…) Oito anos só sorte nem cavalo aguenta.”

“Entendeu, gente? Fica me xingando não, sou um cara bom, ficar xingando é sacanagem.”

“Sou o quinto artilheiro, e um monte de gente falando que só faço gols de pênalti. Mas está bom, se tiver pênalti eu bato de novo e faço. Pênalti é gol.”

“Bruno Silva é o melhor volante do Brasil. Vai para a Seleção com 30 anos.”

“Que saudade da minha dupla. Alô, Neilton, te amo, minha dupla.”

“A ê, chegamos a mil (espectadores no “Live”). Não é possível que nego não gosta de mim, ficam me xingando à toa. O pretinho é gente boa.”

“É, eu sou mercenário. Estou há oito anos no Botafogo e vou ser mercenário no último ano? Só pensar um pouco, só pensar…”

“Oito anos de Fogão. Já passei por muitas coisas, agora quero só ser feliz. Sou feliz no Botafogo e ninguém vai tirar minha felicidade nem miha paz. Eu e meu cavalo, nem cavalo aguenta.”

Fonte: Globoesporte.com