A reapresentação do Botafogo foi dividida em duas partes. O primeiro grupo, formado por jogadores que disputarão o Carioca deu as caras na última sexta-feira. Já os titulares, que focarão na Libertadores, reaparecerão apenas na segunda. E mesmo assim nem todos estarão presentes. Um dos principais destaques do Alvinegro, Seedorf pediu para ampliar suas férias e poderá repetir o feito de 2013, quando não voltou no mesmo dia dos companheiros e iniciou os treinamentos em Saquarema, local escolhido para a pré-temporada.

Na temporada passada, no entanto, Seedorf teve um motivo plausível para não se apresentar juntamente com os companheiros. Isso porque a avó do craque holandês, que estava doente não resistiu e faleceu. Assim, o camisa 10 teve o apoio da diretoria e chegou diretamente em Saquarema, pulando o período de exames em General Severiano.

“Seedorf entrou em contato com a direção do clube para definir a data de reapresentação. Ele pediu uns dias a mais para resolver questões pessoais. Hoje (sexta-feira), ele irá ligar para resolvermos. Ele se apresenta normalmente dentro da data que estabelecermos com o atleta”, disse o gerente técnico Sidnei Loureiro, à Fox Sports.

Em 2014, porém, ainda não há uma explicação para o pedido de Seedorf, que terá seu desejo realizado. Com preparo físico invejável, o holandês não gera preocupação no Botafogo, que confia no profissionalismo do atleta de 37 anos.

Sidinei loureiro, inclusive, negou qualquer possibilidade de Seedorf não voltar mais ao Botafogo, já que existe uma forte especulação na Itália, sobre o holandês assumir o comando técnico do Milan, em julho, quando acabará seu contrato com o Alvinegro. “Nem ele [Seedorf] e nem a Deborah [Martin, empresária do holandês] falaram que ele não iria se apresentar ao Botafogo”, afirmou.

Desta forma, Seedorf será a principal arma do Botafogo para avançar à fase de grupo da Libertadores. Para que isso ocorra, o Alvinegro terá que passar pelo Deportivo Quito-EQU, que manda seus jogos no Estádio Olímpico Atahualpa, a 2.850 metros de altitude. A primeira partida, no Equador, está marcada para o dia 29 de janeiro. Já a segunda, no Maracanã, será no dia 4 de fevereiro.

Fonte: UOL