Sem trégua da chuva, jogadores se cobram e chegam a discutir em treino

Compartilhe:

O Botafogo deu prosseguimento na manhã desta quinta-feira aos treinamentos visando o confronto com o Internacional, domingo, em Caxias do Sul. O técnico Oswaldo de Oliveira comandou uma atividade técnica em que montou equipes com quatro jogadores na linha. A chuva não deu trégua.

Os atletas levaram a atividade a sério e se cobraram bastante. Seedorf e Rafael Marques chegaram a discutir na tentativa de ajustar um posicionamento. Oswaldo buscou setorizar os times. Gegê, Seedorf, Rafael Marques e Elias, por exemplo, ficaram em um deles, e Bolívar, Dória, Marcelo Mattos e Gabriel ficaram em outro. O treinamento também teve alguns gols bonitos, como o de Dankler, que fez um de letra.

 Seedorf disse ter ficado satisfeito com o empenho dos jogadores no treino e com o fato de não terem mostrado abatimento com a derrota para o Goiás. O meia elogiou o ambiente do elenco e afirmou que o clima é de otimismo para enfrentar o Internacional.

– Foi um treino muito bom, com muita intensidade. Não participei do de quarta-feira, mas me disseram que foi do mesmo jeito. Se o time fica em depressão, pode ter a parte técnica prejudicada, os jogadores ficam com a perna pesada e não conseguem executar as jogadas. Nosso ambiente é de alegria e paixão pelo futebol, com cobrança. Isso é muito importante, nos dá otimismo para enfrentar nosso próximo jogo. 

O meia Lodeiro não participou do treino. Ele será desfalque nas próximas três rodadas, já que estará com a seleção do Uruguai nos duelos com a Jordânia pela repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo.

A tendência é de que, com exceção de Dória, que retorna de suspensão, a equipe do Botafogo seja a mesma da partida contra o Goiás, na última rodada. O Glorioso é o quarto colocado do Campeonato Brasileiro com 53 pontos.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários