Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC

ABC

X

Escudo Botafogo

BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda

VRE

X

Escudo Botafogo

BOT

Campeonato Carioca

04/04/21 às 17:00 - Giulite Coutinho

Escudo Botafogo

BOT

1

X

1

Escudo Portuguesa

POR

Sheik, após ser demitido: ‘Sensação dos jogadores é de completo abandono’

comentários

Compartilhe

Recém-demitido do Botafogo, o atacante Emerson Sheik disse antes da rescisão de contrato com o time de General Severiano que o clube não oferecia as melhores condições de trabalho para o elenco. Em entrevista exclusiva concedida ao colunista Léo Dias, do O Dia, o atacante – que foi dispensado da equipe na sexta-feira pelo presidente Marcelo Assumpção – disse que a sensação no time carioca é de abandono e não negou um eventual retorno ao Corinthians.

“O que me entristecia era ver o clube tão abandonado. Nos outros clubes em que estive, por mais que passassem por alguma dificuldade, eu nunca me senti abandonado. No Botafogo, essa é a sensação dos atletas: de abandono”, desabafou Sheik em entrevista concedida na quinta-feira, antes de sua dispensa pelo Botafogo, confirmada na sexta.

“O clube só tem um campo pra treinar, o que é bem pouco para um clube de Série A do Campeonato Brasileiro. São imagens atrasadas, carteiras atrasadas há muitos meses… E faltam coisas no cotidiano. Coisas de estrutura para o atleta se sentir mais valorizado”, prosseguiu o jogador, que também disse que não negaria um eventual retorno ao Corinthians – onde ajudou o clube a conquistar a Libertadores, mas saiu por baixo e com críticas ao técnico Mano Menezes.

“É um clube que eu tive uma passagem brilhante, uma identificação imensa com a instituição, com os torcedores. As conquistas lá que nós conseguimos… fora o principal, que são meus sete meses de contrato com o clube. Eu tenho um contrato que tem que ser respeitado. Eu voltaria a jogar no Corinthians com o maior carinho”, prosseguiu o atacante.

Com contrato com o Corinthians até 31 de julho de 2015, o jogador de 36 anos foi contratado pelo Botafogo em abril. Em cerca de seis meses com a camisa do clube carioca, o jogador teve passagem marcante fora de campo ao criticar abertamente a CBF e os dirigentes do Botafogo, que devem meses de salário ao elenco alvinegro.

Comentários