Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC

ABC

X

Escudo Botafogo

BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda

VRE

X

Escudo Botafogo

BOT

Campeonato Carioca

04/04/21 às 17:00 - Giulite Coutinho

Escudo Botafogo

BOT

1

X

1

Escudo Portuguesa

POR

Sheik: ‘Assumpção foi o pior dirigente que trabalhamos. Só o vi duas vezes’

comentários

Compartilhe

O silêncio foi quebrado na tarde desta quarta-feira pelo quarteto demitido do Botafogo, Emerson Sheik, Bolívar, Edilson e Julio Cesar. Há quase duas semanas o presidente Mauricio Assunção anunciou que os jogadores não faziam mais parte dos planos do clube.

Durante coletiva de imprensa realizada em um restaurante na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, Sheik falou sobre a demissão conturbada do alvinegro carioca. E disse que em um primeiro momento foi informado que havia sido afastado e não demitido.

“Eu estava jantando com um amigo, e quando chequei meu telefone, era por volta de duas da manhã,  vi que o Julio Cesar tinha me ligado bastante. Fiquei preocupado porque somos amigos. Eu pensei que tivesse acontecido algo. Ligueide volta e ele falou que nós estávamos afastados. Ele foi muito sério, por que no começo achei que fosse brincadeira. Então entendi que não era uma brincadeira. Ele pediu para ligar para o empresário. A princípio era um afastamento. O Reinaldo (Pita, empresário) pediu para que fossemos ao treinamento na manhã seguinte. A grande pergunta é o porquê de estar acontecendo tudo isso? “, indagou Emerson”Ele [Mauricio Assumpção] talvez não saiba, mas eu joguei seis partidas no campeonato com o tendão de Aquiles doendo absurdamente. O Botafogo, que tem uma história linda, não tem um campo decente para treinar. Por isso, várias lesões. Isso ele não deve saber. Gente, eu juro, dessa vez eu não fiz nada. Dessa vez [risos]. Foi o pior dirigente que trabalhamos, sim. Quer dizer, nem sei se trabalhei. Só vi ele duas vezes”, aumentou.

Em mais de uma hora de entrevista Sheik diversas vezes foi irônico com a atitude de Assunção.

“O presidente talvez não saiba, mas eu joguei seis partidas no campeonato com o tendão de Aquiles doendo absurdamente. O Botafogo, que tem uma história linda, não tem um campo decente para treinar. Por isso, várias lesões. Isso ele não deve saber. Gente, eu juro, dessa vez eu não fiz nada. Dessa vez [risos]. Foi o pior dirigente que trabalhamos, sim. Quer dizer, nem sei se trabalhei. Só vi ele duas vezes”, aumentou.

O jogador postou um video dançando de sunga na internet na véspera da partida contra o Corinthians em uma rede social. Esse vídeo divulgado em um momento conturbado do clube foi interpretado por muitos botafoguenses como chacota. O jogador afirmou que não teve essa intenção, e pediu desculpas para quem viu como maldade.

“A postagem foi inocente e quem fez o video foi meu filho Emerson. Desde que fui demitido me desliguei completamente e deixei na mão do meu empresário. Nem lembrava que o Botafogo iria jogar. peço desculpas para quem se sentiu ofendido. Não teve maldade.

Comentários