Sem muitas oportunidades no Corinthians, em 2014, Emerson Sheik resolveu respirar novos ares e se transferiu para o Botafogo. Há uma semana no novo clube, o atacante ainda não esqueceu a antiga casa. Mais precisamente de Mano Menezes. Ele disse que não gosta do atual treinador do Alvinegro paulista e detonou o profissional.

“O que eu sinto sobre o Mano? Eu não gosto dele. Não escondo de ninguém que não gosto dele. Entendo que ele é um cara de caráter duvidoso e para mim isso basta”, disse Emerson Sheik ao programa “De Primeira” da Rádio Mix, do Rio de Janeiro.

Entre outros assunto, Sheik comentou a crise financeira vivida pelo Botafogo. O atacante revela que até passou por situação parecida no Corinthians, mas que foi resolvida rapidamente. Ele disse confiar nos dirigentes do clube de General Severiano e aguarda a regularização. Vale lembrar que Emerson receberá através do seu ex-clube, diferentemente dos seus companheiros.

“No Corinthians teve um pequeno atraso, mas foi explicado o motivo. Tudo foi acertado rapidamente. Quando recebi o convite do Botafogo, essa questão financeira já tinha estourado nos noticiários. Todos sabiam. Mas o projeto me encantou, me incentivou, além, claro, de voltar ao Rio, que pesou, sem hipocrisia. Acredito nas pessoas, são sérias e vão resolver toda essa questão”, afirmou.

Regularizado, Emerson Sheik fará sua estreia pelo Botafogo neste domingo, quando enfrentará o Internacional, no Maracanã. O Alvinegro não teve um bom início de Campeonato Brasileiro e foi derrotado por 3 a 0 para o São Paulo, no Morumbi.

Fonte: UOl e Rádio Mix