Após a derrota por 2 a 0 para o Goiás, nesta quarta-feira, em Juiz de Fora, o atacante Emerson Sheik deu um grande depoimento para os jornalistas na saída do campo, com duras críticas ao comportamento da equipe. O camisa 7 afirmou que os jogadores precisam colocar a cabeça no lugar e refletir sobre os erros. Ele ainda deu a entender que alguns jogadores não estão dando seu máximo.

– Nós que estamos no dia-a-dia sabemos das dificuldades que temos. Muitas coisas refletem dentro do campo, no rendimento. Não é justificando, porque não tem muito o que justificar. Cada atleta tem que colocar a cabecinha no lugar, independente de qualquer coisa que esteja acontecendo, e saber que certos tipos de comportamento não podem acontecer. Em todos os clubes em que eu passei eu respeitei, não individualizando, isso serve para todo mundo. Tem que saber que não é o melhor time do mundo e que se todo mundo não correr com igualdade, saber que é um time que não está tão acima, mas que assim pode se tornar um time competitivo. Para isso cada um tem que mentalizar, ser inteligente para algumas coisas, se não fica difícil. Isso serve para todo mundo. Tem uma semana inteira para pôr a cabeça no lugar e pensar sobre isso tudo – disse Sheik.

O Botafogo está com quatro pontos em cinco jogos e pode voltar à zona do rebaixamento após os jogos do fim de semana. O próximo compromisso é diante do Grêmio, em Caxias do Sul, na quarta-feira que vem.

Fonte: Redação FogãoNET