Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

17/06/21 às 19:00 - Do Café

Escudo Londrina
LON

X

Escudo Botafogo
BOT

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

3

X

0

Escudo Remo
REM

Série B

05/06/21 às 21:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

2

X

0

Escudo Coritiba
CTB

Sheik mal chegou e já ajudou a ‘contratar’ Carlos Alberto, que jogará ‘de graça’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Emerson Sheik foi apresentado pelo Botafogo no dia 17 de abril. Apesar do pouco tempo, ele já tem história para contar. Após brilhar em sua estreia contra o Inter, marcando um gol e dando uma assistência, o atacante foi decisivo também fora de campo.  Assim que soube que Carlos Alberto não ficaria no Goiás, ele avisou a diretoria e fez lobby para a chegada do amigo, anunciado pelo Alvinegro na noite da última sexta-feira.

Bem verdade que o desejo do Botafogo em contar com Carlos Alberto não surgiu através de Sheik. No fim do ano passado, o clube chegou a apresentar uma proposta pelo apoiador, que não aceitou a proposta financeira do Alvinegro. Logo em seguida, recebeu oferta do Goiás, disposto a pagar R$ 150 mil mensais.

Assim que a passagem de Carlos Alberto chegou ao fim no Goiás, a diretoria, influenciada pelo lobby de Sheik, apresentou a mesma proposta ao jogador, que dessa vez sequer pensou duas vezes. Imediatamente ele pegou um voo para o Rio de Janeiro, onde chegou na noite de quinta para fazer exames no dia seguinte.

Segundo apuração do UOL Esporte, o Botafogo ainda deve dinheiro a Carlos Alberto, referente à passagem do jogador pelo clube em 2008. O apoiador era um dos próximos atletas na fila a receber do Alvinegro, que uniu ao útil ao agradável. O salário do atleta, cerca de R$ 100 mil, será automaticamente debitado da dívida total – aproximadamente R$ 3 milhões.

Levando-se em consideração que a quantia já era de direito de Carlos Alberto, pode-se concluir que o apoiador atuará de graça pelo Botafogo até o fim do ano, tempo do novo contrato com o Alvinegro. Nem clube, nem jogador gostariam que essa informação viesse a público para evitar interpretações.

Quem também deu aval para a chegada de Carlos Alberto foi o técnico Vagner Mancini. Após fazer os primeiros contatos com o jogador, a diretoria informou o treinador, que fez uma ligação para o apoiador. Após algum tempo de papo, o comandante do Alvinegro deu sinal positivo para que a negociação pudesse avançar.

Além de Carlos Alberto, o Botafogo segue em busca de um atacante de velocidade. Em coletiva de imprensa, o treinador disse que poderia utilizar o novo reforço como atacante ou como camisa 10. Com Sheik e Zeballos em destaque, é provável que o jogador jogue ao lado de Lodeiro no meio campo, com Jorge Wagner e Daniel ficando como opção no banco de reservas.

Notícias relacionadas
Comentários