Enquanto tenta a contratação de um uruguaio – o atacante Forlán, do Internacional -, o Botafogo pode ver outro integrante da Celeste deixar seu plantel. O meia Lodeiro voltou a ser assediado por equipes russas e pode deixar o clube da Estrela Solitária ainda no mês de janeiro.

No domingo, um representante do mesmo clube russo que chegou a acertar a contratação do meia em setembro, antes de dirigentes alvinegros conseguirem demover Lodeiro da ideia de retornar à Europa – já que antes defendera o Ajax (HOL) -, ligou para Gerardo Cano, empresário do camisa 14, procurando novas informações da situação do jogador no Rio de Janeiro.

Gerardo e os representantes marcaram de se encontrar nos próximos dias para uma nova rodada de negociação. A intenção destes dirigentes russos é que Lodeiro siga para o Leste Europeu agora. No entanto, como desejam muito a contratação dele, não descartam comprá-lo agora e recebê-lo após a Copa Libertadores.

O uruguaio deseja jogar a competição sul-americana pelo Botafogo. Outro objetivo do jogador é a disputa da Copa do Mundo, que será realizada no Brasil, em julho. Os representantes de Lodeiro acreditam que ficar no país seria a melhor opção. Eles pensam que, se voltar para a Europa neste momento, Lodeiro poderia colocar a vaga de titular na seleção uruguaia em risco. Entretanto, como já recusaram a oferta deste mesmo clube uma vez, há o temor em dizer outro “não” para uma oferta financeiramente vantajosa.

Além desta procura, dirigentes de um outro clube russo procuraram os representantes de Lodeiro e farão uma proposta por ele em breve.

Interessado em contratar um grande atacante e precisando baixar a folha salarial, a saída de Lodeiro é vista como uma boa alternativa para o Botafogo. Já pensando na saída do uruguaio, que recebe salário perto de R$ 300 mil, dirigentes acertaram a contratação de Jorge Wagner, mais de dez anos mais velho e que ganha pouco mais do que a metade que Nicolás Lodeiro.

Fonte: Lancenet!