Já a situação de Dória sofreu uma reviravolta. Até o início do ano, o jogador mantinha planos de seguir no Botafogo por algum tempo, para somente deixar o clube no momento certo. Entretanto, a crise financeira vivida no Alvinegro afetou o atleta, que já vê com bons olhos uma transferência para a Europa.

Com salários atrasados, Dória até já foi aconselhado a tentar se desvincular do Botafogo na Justiça, algo prontamente recusado pelo zagueiro. Criado nas categorias de base, o jogador tem grande carinho pelo clube e entende que a falta de pagamento não feita de forma proposital.

Novamente em alta, Dória não deverá permanecer no Botafogo por muito tempo. A partida desta quarta-feira, contra o Goiás, no Serra Dourada, deverá ser a última do zagueiro pelo clube. Isso porque ele defenderá a seleção brasileira sub-21 no Torneio de Toulon, na França, que vai até julho.

Assim, a negociação deverá ocorrer nesse meio tempo, já que muitos empresários, com entradas em grandes clubes da Europa, realizam frequentes sondagens. O São Paulo é um dos interessados. O zagueiro admira o clube paulista, mas sua vontade é defender um clube de ponta no exterior. A cláusula rescisória do contrato de Dória é de 20 milhões de euros (R$ 61 milhões) para o mercado internacional, mas metade desse valor já pode tirá-lo do Alvinegro.

Fonte: UOL