O Botafogo saiu no lucro. Com defesas salvadoras de Gatito Fernández no primeiro tempo, o Glorioso teve uma péssima atuação, mas acabou arrancando nos acréscimos um empate em 1 a 1 com o Sport, nesta segunda-feira, na Ilha do Retiro, com o capitão Rodrigo Lindoso marcando aos 47 minutos. No próximo sábado, o Fogão tentará a primeira vitória no Campeonato Brasileiro enfrentando o Grêmio, no Estádio Nilton Santos.

Com um gramado muito encharcado e cheio de poças no meio-de-campo, o Botafogo começou melhor e teve a grande chance de abrir o placar aos quatro minutos. Rodrigo Pimpão roubou a bola de Ernando, que foi traído pela poça, e correu livre em direção ao gol. Porém, demorou demais para definir a jogada e, quando foi limpar Ernando, o zagueiro do Sport se recuperou e desviou a bola para escanteio. Era só chutar…

Depois dos 20 minutos, a superioridade do Botafogo se transformou num show de Gatito Fernández. O Sport passou a dominar e só não foi para o intervalo em vantagem por causa do paraguaio. O goleiro alvinegro fez duas defesaças, em chute de Marlone, aos 22, e depois numa finalização de Sander que desviou em Brenner, aos 24. No fim, Gatito apareceu salvando mais duas vezes, numa cabeçada de Rogério e depois num chute de chapa de Gabriel.

Valentim trocou peças na frente, mas o Botafogo não melhorou. Gatito teve que trabalhar novamente aos 8 minutos, em finalização de Rogério. O Glorioso só assustou nas bolas paradas, em cabeçadas de Carli e Rodrigo Lindoso que foram para fora. O goleiro do Sport, Maílson, não tinha nem sujado o uniforme. O Sport seguia assustando e teve um gol bem anulado de Ronaldo Alves, aos 33.

No final, o jogo se decidiu. Aos 40 minutos, o Sport fez justiça e saiu na frente, numa rápida descida que começou com a reposição do goleiro Maílson e terminou num chute desviado de Everton Felipe em Bochecha. O Botafogo parecia batido, mas conseguiu o empate nos acréscimos, aos 47 minutos. Ezequiel iniciou a jogada pela esquerda, Matheus Fernandes rolou para trás e Rodrigo Lindoso chutou no cantinho do goleiro. Um empate que fez justiça a Gatito, mas não ao futebol praticado pelo Fogão, que mais uma vez teve o mérito de não desistir até o final.

FICHA TÉCNICA
SPORT 1 X 1 BOTAFOGO

Local: Ilha do Retiro
Data-Hora: 23/4/2018 – 20h
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Renda e público:  R$ 101.020,00 / 7.083 presentes
Cartões amarelos: Neto Moura (SPT); Rodrigo Pimpão, Igor Rabello e Gustavo Bochecha (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Everton Felipe 40’/2ºT (1-0) e Rodrigo Lindoso 47’/2ºT (1-1)

SPORT: Maílson; Raul Prata, Ernando, Ronaldo Alves e Sander; Anselmo, Neto Moura (Hygor 32’/2ºT), Andrigo (Everton Felipe 25’/2ºT), Gabriel (Fellipe Bastos 21’/2ºT) e Marlone; Rogério – Técnico: Nelsinho Baptista.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Bochecha, Matheus Fernandes e Leo Valencia (Ezequiel 23’/2ºT); Rodrigo Pimpão (Pachu – Intervalo) e Brenner (Kieza 13’/2ºT) – Técnico: Alberto Valentim.

Fonte: Redação FogãoNET