STJD não denunciará Bota e Flu por invasão de torcedor

Compartilhe:

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por enquanto, não vai denunciar Botafogo ou Fluminense por causa da invasão do gramado da Itaipava Arena Pernambuco por um torcedor durante o clássico do último domingo. Foi o primeiro caso em uma das novas arenas do futebol brasileiro construídas sem alambrado para a Copa do Mundo e a Copa das Confederações.

Segundo o procurador-geral do Tribunal, Paulo Schmitt, o fato de o torcedor ter sido preso e um Boletim de Ocorrência ter sido registrado logo após o incidente alivia a barra dos clubes.

– O fato de estarem jogando fora do estado, longe de casa, não tira a responsabilidade do mandante – ou até do visitante, dependendo da situação – por uma invasão de campo ou qualquer outro problema que haja com a torcida. Mas, nesse caso, como o torcedor já foi identificado e um Boletim de Ocorrência feito, não será feita denúncia, a princípio – afirmou Schmitt ao LANCE!Net, ressaltando que precisa receber a documentação que comprova as medidas contra o torcedor para sacramentar a decisão.

Os clubes poderiam ter sido denunciados no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê multa de até R$ 100 mil para quem “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto”.

 

Fonte: Lancenet!

Comentários