STJD vai apurar casos de ‘irregulares’ Sheik e Edílson; Botafogo culpa a CBF

Compartilhe:

A Procuradoria Geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva irá enviar um ofício à CBF pedindo explicações sobre a possível escalação irregular de dois jogadores do Botafogo na derrota por 1 a 0 diante do Flamengo, no último domingo. Os atletas em questão são Emerson e Edílson.

“Vamos oficiar diligência a CBF, e dependendo da resposta, pode ser oferecida uma denúncia. Sempre que consta uma irregularidade na súmula, o ofício à CBF é automático”, afirmou Paulo Schmitt, procurador geral do órgão, ao UOL Esporte.

Emerson e Edilson foram suspensos por uma discussão no jogo diante do Grêmio, antes da pausa para a Copa do Mundo. No dia 19 de julho, diante do Coritiba, cumpriram a punição, mas, devido a algum erro no sistema da CBF, o cumprimento não foi registrado no BID.

Com isso, antes do clássico de domingo, o árbitro alertou a diretoria botafoguense quanto ao fato de que ambos os jogadores constavam como suspensos no sistema eletrônico utilizado para a geração da súmula. Mesmo assim, o alvinegro optou por escalá-los, fato que ficou registrado no relatório do árbitro.

O clube de General Severiano não teme qualquer punição: “O Botafogo lava as mãos por causa de um erro que é do sistema da CBF. Está tranquilo e não se vê em perigo. Não considera questões anteriores deste mesmo tipo de situação, porque cumpriu o que foi definido pelo STJD. Tirou Sheik e Edilson do jogo contra o Coritiba”, diz, através de sua assessoria de imprensa.

O caso é parecido com o do Brasília, que venceu a Copa Verde: quatro atletas do clube do Distrito Federal foram considerados irregulares – na realidade, os quatro já tinham tido seus contratos prorrogados e devidamente registrados, mas uma falha no sistema da CBF não liberou os jogadores.

No caso do Brasília, o STJD mesmo assim optou por punir o clube – como resultado, o Paysandu ficou com título e a vaga na Sul-Americana.

Caso seja denunciado e posteriormente punido, o Botafogo perderia três pontos, complicando mais ainda sua situação no Brasileirão 2014 – com 12 pontos em 12 jogos, é o 13º colocado.

Fonte: UOL

Comentários