Após uma semana pesada, marcada por corte de água no Estádio Nilton Santos e protesto do jogadores, o Botafogo entra em campo para enfrentar o Atlético-MG com a necessidade de vencer após empate com a Chapecoense no Rio e derrota para o Internacional em Porto Alegre.

Lucas Campos, que se destacou muito contra o Athletico-PR, não manteve o nível nos dois jogos seguintes e volta para o banco de reservas. Eduardo Barroca testou duas opções. Vinícius Tanque na frente e Diego Souza no meio é uma. Outra é com Fernando na lateral direita e Marcinho como ponta.

Assim, o Botafogo deve ir a campo com Diego Cavalieri; Fernando (Vinicius Tanque), Carli, Marcelo Benevenuto e Gilson; Cícero, João Paulo e Alex Santana; Marcinho, Diego Souza e Luiz Fernando.

Fonte: Globoesporte.com