Graças a dois lances polêmicos em sequência, o Botafogo sofreu sua primeira derrota em clássicos neste Campeonato Brasileiro. Atuando no Maracanã na condição de visitante, o Glorioso foi derrotado pelo Vasco por 1 a 0, com gol de Nenê, e ficou parado nos 43 pontos. Apesar do tropeço, o Fogão não deixa a sexta colocação nesta rodada, mas perdeu a oportunidade de ultrapassar o Palmeiras, que tem 44.

O Botafogo teve o controle maior do meio-de-campo, principalmente depois dos 15 minutos do primeiro tempo, mas não traduziu este domínio territorial em chances de gol. Quem assustou mais foi o Vasco, com Wellington acertando a trave de Gatito aos 11′. A melhor jogada do Botafogo foi com Arnaldo cruzando da direita para Marcos Vinicius pegar de primeira e parar na boa defesa do uruguaio Martín Silva, aos 28′.

Rodrigo Pimpão e Nenê - Vasco x Botafogo (FOTO: Vitor Silva/SSPress/BFR)

Rodrigo Lindoso disputa jogada no alto com Nenê (FOTO: Vitor Silva/SSPress/BFR)

O Vasco começou o segundo tempo atacando mais, e Nenê acertou o lado de fora da rede logo aos sete minutos. A partida continuava bastante disputada, até que a arbitragem se complicou. Primeiro, Madson desviou um chute dentro da área com a mão, mas o juiz ignorou o lance. Na jogada seguinte, Nenê pareceu ganhar a disputa com o braço – as imagens foram inconclusivas – e chutou da entrada da área, abrindo o placar.

O Botafogo pressionou bastante nos 15 minutos finais, mas o Vasco cozinhou o jogo e a arbitragem, completamente enrolada, também atrapalhou o desenvolvimento da partida.

O que vem pela frente

O Botafogo volta a campo na próxima quarta-feira para encarar o ameaçado Avaí, às 21h45, na Ressacada, em Florianópolis. Depois, na segunda-feira, dia 23, enfrenta o líder Corinthians, às 20h, no Estádio Nilton Santos.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 BOTAFOGO

Local: Maracanã
Data-Hora: 14/10/2017 – 19h
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Renda e público:  R$ 1.063.215,00 / 27.424 pagantes / 31.406 presentes
Cartões amarelos: Yago Pikachu, Caio Monteiro, Paulo Vitor, Jean e Nenê (VAS); Marcos Vinicius, Carli e Bruno Silva (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Nenê 23’/2ºT (1-0)

VASCO: Martín Silva; Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean, Wellington, Wagner (Yago Pikachu – Intervalo), Nenê e Mateus Vital (Paulo Vitor 40’/2ºT); Thalles (Caio Monteiro 30’/2ºT) – Técnico: Zé Ricardo.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Arnaldo, Igor Rabello, Carli e Victor Luis; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, João Paulo e Marcos Vinicius (Gilson 25’/2ºT); Rodrigo Pimpão (Guilherme 32’/2ºT) e Brenner (Vinicius Tanque 32’/2ºT) – Técnico: Jair Ventura.

Fonte: Redação FogãoNET