Uma decisão do Vasco de ir ao tapetão pode beneficiar o Botafogo. Segundo o site Globoesporte.com, a diretoria vascaína decidiu entrar nesta terça-feira com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para tentar ganhar os pontos do jogo contra o Atlético-PR, que venceu por 5 a 1.

O Vasco tentará provar que o Atlético-PR era o responsável pela segurança do jogo, que ficou paralisado por 70 minutos em razão de uma briga generalizada nas arquibancadas da Arena Joinville, extrapolando o que diz a regra. O regulamento da CBF diz que o limite para interrupção é de 30 minutos, mais 30 de acréscimo.

Assim, se o Atlético-PR for punido, o clube paranaense seria declarado perdedor pelo placar de 3 a 0, resultado que traria o Vasco de volta à Série A e rebaixaria o Criciúma. O Furacão, com isso, cairia para a quarta posição e o Botafogo terminaria em terceiro, conseguindo assim vaga na Libertadores-2014 sem depender do resultado da final da Sul-Americana.

Caso a punição se confirme, o Botafogo ficaria com vaga direta à fase de grupos em caso de título para o Lanús. Se a Ponte Preta for campeã, o Botafogo então disputaria a Pré-Libertadores.

Fonte: Redação FogãoNET