A situação financeira do Botafogo é delicada e isso não chega a ser uma novidade. A falta de receitas faz o clube utilizar a venda de jogadores como mecanismo para evitar um caos ainda maior. Nesse sentido, a provável venda de Matheus Fernandes para o Palmeiras salvará o fim de ano do Alvinegro.

Isso porque a diretoria tinha poucas opções de onde tirar dinheiro para pagar novembro, dezembro e férias do elenco. A primeira era justamente vender algum atleta. Caso isso não ocorresse, o Botafogo teria que recorrer a um novo adiantamento da Globo, como fez meses atrás para pagar salários atrasados.

O fato é que com os 3,5 milhões de euros (R$ 15,5 milhões) que o Palmeiras provavelmente pagará, o Botafogo poderá, enfim, ter um fim de ano tranquilo. Segundo o site oficial do clube, o Alvinegro detém 100% dos direitos econômicos de Matheus Fernandes e, portanto, terá direito a toda a grana que entrar.

Se fora de campo a venda alivia o Botafogo, dentro a situação é preocupante. Isso porque o volante foi um dos destaques do time na temporada e terminou o Campeonato Brasileiro como o terceiro maior ladrão de bolas. No único momento em que perdeu a posição foi para Jean, que não sabe se terá o empréstimo renovado pelo Corinthians.

Assim, uma possibilidade para o técnico Zé Ricardo é recuar Rodrigo Lindoso e recolocar João Paulo na equipe, justamente como era a equipe comandada pelo técnico Jair Ventura e que teve boa campanha na Libertadores e Brasileiro em 2017. O treinador terá tempo e talvez até mesmo novas opções para escalar a equipe na próxima temporada. A conferir.

Fonte: UOL