Carlos Eduardo Pereira saiu do grupo político Mais Botafogo, mas continua como vice-presidente geral do clube. No entanto, não está tão alinhado com as decisões tomadas em General Severiano. Ele não concordou com a contratação de Eduardo Barroca para treinador, anunciada neste domingo.

A informação foi dada pelo repórter Thiago Veras, da Rádio Tupi.

– Gostaria de esclarecer que não participei da escolha do novo treinador do Botafogo. Antes deveria haver a reformulação do departamento de futebol e só depois ser feita a contratação do treinador. Um treinador inexperiente que terá que conviver com situações complexas e um Clubes com muitas dificuldades financeiras. Escolha extremamente arriscada – posicionou-se o ex-presidente Carlos Eduardo Pereira.

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter do Thiago Veras (Rádio Tupi)