O clima esquentou após o empate do Botafogo contra o Barra Mansa por 1 a 1. Vaiado pelos torcedores ao término da partida, os jogadores também foram cobrados pelo vice-presidente de futebol, Antonio Carlos Mantuano, que não tolerou a atuação do time. Mantuano entrou no vestiário e conversou com o elenco de forma ríspida. Além disso, teria afirmado que não quer mais um jogador (não identificado) atuando pelo clube.

Diante da situação, o treinador René Simões ficou indignado. René pediu privacidade, dizendo que o vestiário é somente dele e dos jogadores. O gerente de futebol Antônio Lópes pediu calma para ambos e tentou apaziguar a situação, retirando Mantuano do local ao lado de um segurança da delegação.

Com o tropeço, o Botafogo corre o risco de perder a liderança ao término da rodada para Flamengo ou Vasco e cair para a terceira posição.

Fonte: Site da Rádio Tupi