Dificuldade financeira, proximidade da Zona de rebaixamento, são motivos que fazem o Botafogo ligar o sinal amarelo de atenção na reta final da temporada de 2018. O momento é de muito trabalho para evitar um rebaixamento à segunda divisão. O time soma 35 pontos e está a quatro do chamado Z4. A reportagem da Super Rádio Tupi entrou em contato com atual VP Geral Carlos Eduardo Pereira e ex-presidente Alvinegro. O dirigente se posicionou sobre o atual cenário do clube dentro e fora das quatro linhas, além da postura adotada internamente na diretoria.

– Prezados(as) Amigos(as) Botafoguenses. Meu silêncio sobre o momento atual do Clube, nada tem de omissão, muito pelo contrário, pois internamente tenho tido repetidas divergências sobre questões gerenciais, financeiras e do futebol. Expô-las agora não vai ajudar. O grave momento vivido pelo Botafogo, pede prioridade na luta pela permanência na Série A. Terminado o Campeonato, será a hora do nosso grande debate. Agora, temos que apoiar a equipe e torcer para que tenham sucesso nesta luta fundamental. Que os Deuses do Futebol, Carlito Rocha e o Biriba, olhem pelo nosso Botafogo – Afirmou CEP.

Fonte: Rádio Tupi