O coro da torcida do Botafogo foi intenso. Vaias individualizadas e coletivas, gritos de “time sem-vergonha”… mas o técnico Zé Ricardo, obviamente, discorda. O comandante da equipe fez questão de defender os atletas que, após a derrota em casa para o Bahia, têm a zona de rebaixamento como uma possibilidade cada vez mais próxima.

– A torcida está no seu direito. A torcida tem direito de reclamar, mas se tem uma coisa que esse grupo não é, é sem-vergonha, trabalha muito. Grupo de muito brio, hombridade, e nós vamos provar isso nas próximas partidas – garantiu Zé Ricardo.

A atuação do Glorioso, como já havia sido contra o Ceará, na última segunda-feira, foi muito abaixo do que se gostaria. E especialmente após um revés em casa, superar o Atlético-PR, fora, no próximo sábado, passa a ser necessário. Mas como fazer o time evoluir?

– Realmente, nós temos que avaliar. Vamos e precisamos melhorar. Foi um resultado duro para a gente. Precisávamos da vitória aqui e, agora, é avaliar. Temos dois dias. Vamos nos reunir na segunda-feira e avaliar como podemos aumentar o poder de criação – afirmou o treinador.

O Botafogo, deste modo, folga neste domingo e treina, no mesmo Nilton Santos, a partir de segunda-feira.

Fonte: Terra