Com sete rodadas do Brasileirão já finalizadas, é possível ter um termômetro sobre a presença da torcida nos estádios espalhados pelo país. No entanto, as estatísticas não são nada animadoras. Apenas seis clubes, dos 20 da Série A em 2016, mantêm média de público em casa superior a 15 mil pagantes após sete rodadas.

Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santa Cruz, Flamengo e Inter são as equipes que mantêm média acima da 15 mil pagantes. Mas essas seis equipes representam apenas 30% do número total de participantes do campeonato, o que ilustra a falta de público na grande maioria dos estádios. O destaque positivo fica por conta de Corinthians e Palmeiras, que apresentam média superior a 30 mil.

Entre os piores públicos, o destaque negativo vai para dois grandes do Rio de Janeiro: Botafogo e Fluminense, que estão mandando os seus jogos para o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, estão com média inferior a 5 mil pessoas. O lanterninha nesse quesito é o América-MG, com 1.728.

Veja a relação completa, divulgada pelo blog Fazendo Número.

1 –  Corinthians – 31.200
2 –  Palmeiras – 30.143
3 –  São Paulo – 17.638
4 –  Santa Cruz – 17.446
5 –  Flamengo – 17.360
6 –  Inter – 17.167
7 –  Cruzeiro – 14.272
8 –  Grêmio – 13.975
9 –  Atlético/MG – 12.614
10 – Sport – 11.788
11 – Atlético/PR – 11.382
12 – Vitória – 11.167
13 – Santos – 9.490
14 – Figueirense – 6.881
15 – Coritiba – 6.770
16 – Ponte Preta – 5.997
17 – Chapecoense – 4.202
18 – Botafogo – 4.076
19 – Fluminense – 2.550
20 – América/MG – 1.728

Fonte: Torcedores.com e Fazendo Número