Na manhã desta terça-feira, o executivo de futebol do Santa Cruz, em contato com o Diario de Pernambuco, disse esperar por um desfecho positivo pela negociação do atacante Lucas Campos, do Botafogo. Se chegasse ao Tricolor, o atleta entraria ‘no bolo’ do acordo feito pelo lateral direito Warley, ex-coral e agora no Alvinegro.

No entanto, Marcelo Campos, agente de Lucas Campos, minutos depois da publicação da reportagem, praticamente ‘esfriou’ a negociação: “existem outros clubes interessados no atleta, mas, a princípio, ele fica no Botafogo”. O motivo? Questionado se a mudança no panorama da negociação teria se dado pela troca no comando técnico do time do Rio de Janeiro, o empresário do atleta, brevemente, respondeu: “exatamente”

Antes sob o comando de Alberto Valentim, o Santa Cruz havia pedido uma lista com quatro nomes, sendo um deles o próprio Lucas. E, tendo Valentim como treinador, a expectativa coral era grande para que os volantes Fernandes e Gustavo Bochecha, o meia Marcos Vinícius e o atacante Lucas Campos pudessem integrar o plantel do técnico Itamar Schülle – assim como foi feito com o centroavante Victor Rangel.

Na noite da última segunda-feira, o próprio integrante do comitê de futebol do Botafogo, Ricardo Rotenberg, ouvido pelo Diario de Pernambuco, declarou que o atacante seria liberado para o Santa Cruz. No entanto, de acordo com Marcelo Campos, com a chegada do novo treinador, Paulo Autuori pretende utilizar, a príncipio, o Lucas Campos na equipe.

Fonte: Superesportes