Candidato à presidência do Vasco, Leven Siano agitou as redes sociais na tarde desta última quinta-feira (22 de maio). Ele postou um vídeo de Yaya Touré agradecendo por ter sido convidado para o projeto do clube. O marfinense diz que não vê a hora de encontrar os torcedores do Gigante da Colina. Veja abaixo.

“Olá, eu sou Yaya Touré. Gostaria de agradecer ao Leven por me convidar para esse projeto. Eu não vejo a hora de encontrar todos os torcedores logo que possível. Vai dar Vasco! Vejo vocês em breve!”, disse o meio-campista, em vídeo publicado no Instagram.

E a notícia não foi bem recebida pelo Botafogo, que também negociou com o volante marfinense no início do ano e ficou próximo de chegar a um acordo. Em contato com a reportagem do FOXSports.com.br, Marcos Leite, empresário responsável por intermediar as conversas entre o Glorioso e o jogador, disse que, até a última quarta-feira (20), estava tudo certo entre o clube e Yaya. O agente detonou a postura do atleta, que também teria negado sobre qualquer interesse do Vasco.

“Para mim foi uma surpresa. Do mesmo jeito que pegou o Botafogo de supresa, me pegou também. Até quarta-feira, um dia antes, tínhamos conversado com o empresário do Yaya e, até então, estava tudo acertado com o Botafogo. Ontem à noite fiquei sabendo sobre esse acerto dele com o candidato do Vasco”, começou dizendo.

“Nem sabíamos do interesse do Vasco. Até quarta-feira ele jurou que não sabia de absolutamente de nada sobre o Vasco, o que é mentira. Sim (consultamos ele sobre o Vasco), disse que não sabia absolutamente nada sobre o Vasco. Uma pessoa não pode se comprometer com um clube do tamanho do Botafogo, com a história do Botafogo, dar a palavra e depois, simplesmente, gravar um vídeo acertando com outro clube. Isso não existe, não faz sentido. Tem que ser responsável, ser homem e cumprir com a sua palavra” , prosseguiu.

Em relação à negociação que conduzia com o marfinense, Marcos Leite negou que tenha mantido conversas com o responsável pelas mídias sociais do jogador ao invés do seu próprio empresário, como comentado por Leven Siano, e confirmou que conversou com Leon Mann, agente de Yaya.

“Ele (Leon) participou de todas as nossas conversas com o Yaya. A proposta foi enviada para ele, que enviou para o Yaya. Ele realmente é o agente do Yaya… Não sei se (o Vasco) negociou com outro agente. O que sei é que não negociou comigo, não negociou com o Leon, então só posso crer que ele negociou diretamente com o Yaya e ele, sendo mau caráter, passou por cima de todo mundo e fez esse acordo com o candidato à presidência do Vasco”, disse o agente.

Em relação à negociação com o Botafogo, Marcos Leite disse que as conversas tinham dado uma paralisada por conta da pandemia do novo coronavírus, mas que o próprio Yaya retomou os contatos para externar o seu interesse em vestir a camisa do clube carioca.

“A negociação tinha dado uma paralisada por conta da pandemia e depois ele retomou o contato, procurou o Botafogo, ele quem quis jogar no Botafogo. Aí que voltaram as conversas, estava tudo encaminhado, tudo certo e ele fez isso. Por qual motivo, não sei”, disse.

“Não faço ideia (porque acertou com o Vasco). O que eu sei é que ele já tinha apalavrado com Botafogo, disse que gostaria de jogar no Botafogo, falou que viria, estava apalavrado, e isso que ele fez de acertar com o Vasco, sinceramente, não sei qual foi a negociação, mas não me interessa mais. Espero que ele seja feliz no Vasco. Primeiro o presidente precisa ganhar para ele jogar no Vasco, tem que aguardar isso ainda”, concluiu.

Por último, o agente ainda comparou a negociação de Yaya com a do japonês Keisuke Honda, que acertou com o Alvinegro no início do ano.

“A negociação foi praticamente a mesma (que a do Honda), seguiu os mesmos passos, só que a diferença é que de um lado tinha um cara completamente honesto, correto, que antes de acertar com o Botafogo já tinha dado a palavra que iria jogar no Botafogo, e cumpriu a palavra. A única diferença foi essa, que um tem caráter e outro não” finalizou.

Fonte: Fox Sports