Ídolo e agora terceiro jogador com mais partidas na história do Botafogo, atrás apenas de Nilton Santos e Garrincha, o goleiro Jefferson afirmou que o excesso de individualismo foi o grande erro da equipe no empate em 0 a 0 com o lanterna Ceará na noite desta quarta, no Niltão.

– Faltou conjunto e aquela dedicação no sentido de agredir mais, como foi no jogo contra o Vasco. Sabíamos que seria um jogo difícil e tínhamos de impor o nosso jogo, mas aí cada um quis fazer uma coisa sozinho. Temos que jogar mais em conjunto para conseguir as vitórias – disse, ao Premiere.

Feliz por ter chegado ao Top 3, Jefferson levou a camisa do jogo para a casa para colocá-lo num quadro.

– Sou um cara muito tranquilo, mas admito que fiquei um pouco ansioso com essa marca. Queria a vitória. Agradeço aos torcedores, ao Botafogo, glorifico a Deus por isso, mas a ficha ainda não caiu – afirmou o goleiro.

Fonte: Redação FogãoNET