Contratado para disputar o Campeonato Gaúcho 2015 pelo Novo Hamburgo, o zagueiro Bolívar ainda não conseguiu deixar totalmente o Botafogo, seu ex-clube. Isso porque o Bota deve dinheiro ao jogador e não houve acordo na última reunião entre as partes. Nesta segunda-feira, em entrevista à “Rádio Brasil”, ele afirmou que está acionando o clube carioca na Justiça em razão dos salários atrasados.

“Logo que rescindi com o clube, tentei fazer um acordo, o que acabou não acontecendo, e o advogado entra automaticamente na Justiça. Tenho uma audiência marcada para o dia 15 de fevereiro no Rio de Janeiro e vamos começar a movimentar esse processo”, afirmou Bolívar.

Ele deixou o clube antes do fim da temporada passada, por decisão do clube. Junto com os laterais Julio César e Edílson e o atacante Emerson, Bolívar foi demitido pelo ex-presidente Mauricio Assumpção. Mesmo assim, ele afirmou que não guarda mágoas do clube.

“Não tenha dúvida que tenho um carinho e um respeito muito grande pelo clube. A decisão foi unilateral de sair do clube, exclusivamente do Maurício Assumpção. É um dos clubes que, com certeza, vai ficar guardado no coração”, completou Bolívar.

Fonte: Futnet e Rádio Brasil