Driblado por Richarlison no lance do gol de Renato Chaves – que decretou a vitória do Fluminense de virada, por 3 a 2, no Nilton Santos – o volante Airton justificou o fato de não ter interrompido a jogada do atacante tricolor: o fato de estar amarelado. O atleta alvinegro acabou elogiando a jogada do rival.

– Eu iria tomar o segundo e acabar sendo expulso.Acabei decidindo deixar ele seguir com a bola, e com isso ele acabou sendo feliz – justificou o atleta.

Na saída do estádio – com a cabeça mais fria – Airton também lembrou que o time pode levar a virada sofrida para o rival como aprendizado para o restante da temporada. O botafoguense elogiou o primeiro tempo da sua equipe.

– A equipe se portou bem, mas no segundo tempo eles acabaram virando. Acho que a gente acabou se acomodando com o resultado. Fica de aprendizado para a gente na sequência – completou o camisa 5 do Botafogo, depois do jogo.

Fonte: Terra