Após se destacar pelo Nova Iguaçu, Airton chegou ao Flamengo e foi fundamental para o titulo Brasileiro de 2009. Ele não ficou no clube da Gávea e passou por Benfica e Internacional sem muito sucesso. Sexto reforço do Botafogo para a temporada, o volante minimiza seu passado rubro-negro e projeta um 2014 vitorioso no Alvinegro.

Perguntado se a torcida do Botafogo iria pegar no seu pé durante os jogos do time por já ter passado pelo Flamengo, maior rival do Alvinegro, Airton saiu pela tangente. Ele disse ter sido feliz no rival, mas que sua cabeça está focada em General Severiano, onde quer dar seu melhor dentro de campo.

“Sou profissional. Passei antes pelo Flamengo, mas agora estou aqui para defender as cores do Botafogo e espero fazer o meu melhor para ajudar os meus companheiros”, disse com poucas palavras em coletiva de imprensa após ser apresentado pelo gerente executivo de futebol do Botafogo, Aníbal Rouxinol Segundo.

Com a chegada de Airton, o Botafogo fica com oito volantes: Rodrigo Soutto, Marcelo Mattos, Gabriel, Renato, Fabiano, Dedé e Sidney. Além deles, quem também deve pintar em General Severiao é Bolatti, que assim como Airton, estava no Internacional.

“Estou feliz de voltar ao Rio de Janeiro e defender o Botafogo. Quero ajudar o clube  a conquistar seus objetivos, que são os títulos. Não fui contratado para ser titular, mas para defender as cores do clube. Cheguei para ajudar e espero que consiga fazer o meu melhor aqui”, afirmou.

Esta é mais uma contratação do Botafogo para 2014, em que todo o foco está na Copa Libertadores. Para avançar à fase de grupos, o Alvinegro terá que passar pelo Deportivo Quito-EQU, que manda seus jogos no Estádio Olímpico Atahualpa, a 2.850 metros de altitude. A primeira partida, no Equador, está marcada para o dia 29 de janeiro. Já a segunda, no provavelmente Maracanã, será no dia 4 de fevereiro.

Fonte: UOL