Airton pede desculpas por pisão em Pato e nega que seja maldoso: ‘Perdi a cabeça’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Taxado como jogador maldoso por muitos torcedores Brasil à fora, o volante do Botafogo, Airton, concedeu entrevista coletiva na última segunda-feira para se defender das críticas. O jogador, que foi expulso na partida contra o São Paulo pela 20ª rodada do Brasileirão por ter pisado na cabeça do atacante Alexandre Pato, lembrou que não frequentava o STJD há dois anos, o que comprova que é um jogador disciplinado.

“Eu, infelizmente, estou rotulado como jogador agressivo, mas já fazia dois anos que não era julgado. Perdi a cabeça contra o São Paulo. Depois, conversei com o Mancini e disse que tinha errado. Os técnicos aqui sempre me deram apoio e eu fico feliz de poder ajudar a equipe”, disse o ex-jogador de Flamengo e Internacional.

No julgamento realizado na semana passada, Airton pegou dois jogos de suspensão devido a pisada no jogador são-paulino. Porém, cumpriu apenas uma partida até agora, já que o Glorioso conseguiu um efeito suspensivo que o libera para jogar nas demais partidas até que seja realizado um novo julgamento.

Notícias relacionadas