Ainda sem entrar em campo sob o comando de Eduardo Barroca, Alan Santos se pôs à disposição do treinador para voltar a ter uma chance com a camisa do Botafogo, que o recrutou por empréstimo junto ao Tigres, do México, com vínculo até dezembro deste ano. Ele chegou em janeiro.

Alan Santos, de 28 anos, está recuperado de um desconforto na coxa direita (músculo posterior). Sem atuar desde o dia 23 de fevereiro (contra o Vasco, pelo Carioca), o volante frisou que não sente mais incômodo e que aguarda com afinco uma nova oportunidade.

– Eu me sinto bem, já sem dores. Estou à disposição, posso ser útil e dizer que o Barroca pode contar comigo. Já estou me preparando nos treinos há mais ou menos dois meses, treinando forte e esperando uma oportunidade para demonstrar serviço a ele – comentou.

Quando Alex Santana sofreu um contratempo muscular, já no Brasileiro, competição na qual o volante ex-Coritiba e Santos ainda não disputou este ano, Alan Santos foi citado por Barroca como uma opção para atuar como segundo homem do meio-campo.

– Tanto Gustavo, como Jean e Alan Santos são dessa posição. Alan me agradou muito tecnicamente. Jean tem entrega grande, experiência e uma força física acima da média. Wenderson jogou muito tempo comigo nessa posição. Pude dar oportunidade a todo mundo – explicou Barroca.

Aliás, com a expulsão de Jean diante do Sol de América, na última quarta e pela ida da segunda fase da Sul-Americana, Alan pode ter espaço na partida da volta, a ser realizado na próxima quarta, no Nilton Santos. O Alvinegro, cabe destacar, tem a vantagem do empate por ter vencido por 1 a 0 no Paraguai.

Fonte: Terra